BLOG
XVI Encontro Comunitário de Saúde Mental - 09 de novembro de 2013

Na abertura do evento somos convidados a um encontro com a vida, nas palavras do Dr. Sérgio: “um encontro com a gente mesmo, com aquilo que a gente anseia e busca, aquilo que a gente reconhece como mais importante dentro de nós. E um encontro com o outro, já que a gente não se constrói sozinho, mas se constrói com os outros.”

O desafio lançado naquela manhã é de aprender a escutar com a possibilidade de surpresa, podendo perceber “a vida que começa dentro da vida”. O coordenador nos explica que o tema desse ano “Caçadores de Experiências” é uma provocação para nos reconhecermos como caçadores daquelas vivências que nos tornam mais humanos.

É pedido que ninguém se acanhe com a simplicidade do que será compartilhado ali e ressaltado que o extraordinário é que de alguma forma nos tornamos um pouco mais pessoas com os fatos mais simples.

Um dos participantes leva a música “Aos Meus Heróis” de Julinho Marassi, ele relata que essa música o ajudou a transformar a visão que tinha de si em uma época que enfrentava muitos problemas em sua vida. “Eu tinha um olhar de que eu não era uma pessoa boa, que eu não servia para viver (…) mas depois de ter escutado a música e de ter passado pelo tratamento (...) eu consegui enxergar com outro olhar que me ajudou muito e que está nessa música.” Ao ouvi-lo fico muito emocionada por sua melodia e mais ainda por constatar o quanto podemos tirar a força e a beleza que precisamos nas coisas mais simples.

Outro participante conta que ao começar a frequentar o grupo pensou: “(...) eu tenho alguma coisa para dar a esse grupo. Depois entendi: eu tenho muita coisa para receber desse grupo”. Nesse momento, compreendo o quanto esse sentimento também é meu e o quanto ele se renova a cada encontro do Grupo. Tal constatação parece atingir a maioria das pessoas ali presente, pois o clima do encontro é tomado pela gratidão, as pessoas buscam demonstrar nas falas, músicas e poemas que trazem, o agradecimento pelo grupo e pela oportunidade de transformação no modo de olhar a vida. Uma pessoa traz um trecho do filme indiano “Como estrelas na terra, toda criança é especial” e diz: “O filme traz todas essas questões que o grupo tem significado na minha vida, encantamento, gratidão e a possibilidade de se ver de outra forma.”

Outra participante conta uma história muito emocionante e ressalta: “só vou contar o que vou contar aqui hoje porque o grupo existiu para mim e me fez ver o valor nas coisas simples.” Ela relata o acompanhamento terapêutico de um senhor durante meses até seus últimos dias de vida e fala de um de seu último diálogo com ele:
“ - O que você pode fazer por mim?
- Não sei, mas estou aqui
- Isso basta, segura na minha mão.”

Ao terminar ela agradece ao grupo por “me ensinar a ter essa disponibilidade de estar ali.”

Durante todo o encontro as pessoas continuam partilhando com o auditório cheio, aprendizados, experiências, emoções num ato de honestidade e generosidade. Eu vou sentindo com eles, embarcando em suas histórias simples e grandiosas, olhando também para as minhas e podendo resgatar a grandiosidade naquilo que ocorre no meu dia-a-dia e que, muitas vezes, passa despercebido. Até que ao final me sinto cheia de toda a vida ali compartilhada e percebo que aceitei a provocação feita no início, pois me sinto mais humana.

O encontro, então, se encerra com as belas observações das professoras convidadas que resumem o que foi vivenciado ali naquela manhã:

“A primeira vez que estive aqui foi uma experiência surpreendente e essa é a minha segunda e primeira vez, porque sempre tem algo novo. (…) “O poder que existe quando a gente sai do individualismo e se abre para o Nós, isso é uma inovação do grupo”. (Tânia)

“Confesso que por mais expectativa que eu tivesse, a emoção é maior do que a gente imagina (…). A gente pode passar pela vida sem estar nela. O grupo é uma chave que vai nos ajudando a perceber, a aprender (…)”. ( Maria Tavares)

Marília

 

compartilhar f

        Deixe aqui seu comentário :



NOME
EMAIL
       
      
 
     
REALIZAÇÃO
APOIO
CONTATO
 
 
E-mail: contato@grupocomunitario.com.br
Facebook: www.fb.com/gcsm
 
Grupo Comunitário de Saúde Mental | Todos os Direitos Reservados | Copyright © 2013 | by
carregando...

carregando...