BLOG
05 de agosto de 2014

Relato de experiência do aniversário da minha amiga

Convidei minha amiga para comemorar seu aniversário em um restaurante. Fomos animadas por ter essa oportunidade de comemoração. E eu estava feliz por leva-la para conhecer esse restaurante que ela não tinha ido e passar um dia diferente com ela.
Fomos pedir o prato e falei ao cozinheiro para caprichar porque era aniversário da minha amiga. Ele deu os parabéns a ela e disse com um jargão que era ruim fazer aniversário porque quanto mais se fica velho mais se aproxima da morte. E achei aquilo comum de se falar, mas esquisito ao mesmo tempo para aquele momento que estávamos vivendo. Falei ao cozinheiro que estávamos felizes por estarmos vivas para comemorar o aniversário dela. E ele insistia em dizer o mesmo sobre mais anos era a morte chegando. E eu observando nós ali, eu com minha amiga e ele cozinhando, era tanta vida....achei que ele não estava observando o que estava acontecendo naquele exato momento. Então, eu disse que estava feliz por estarmos vivas, por comemorar o aniversário e ele podendo cozinhar este prato. E aí ele disse que era verdade porque ninguém no mundo estaria fazendo aquele prato naquele momento e do jeito que ele faz. Nós duas confirmamos o que ele estava dizendo, elogiamos seu prato e apontamos para a vida que estava ali e que de certa forma ele estava participando desse aniversário. Vimos que sua expressão facial mudou. Percebemos que ele estava mais sorridente e olhando aquele momento de um modo diferente, como único e vivo. Saímos para as mesas felizes por isso ter ocorrido. Depois eu e minha amiga pensamos que ele conseguiu olhar a experiência que estava acontecendo e participar dela. Nessa hora pensei muito no que o grupo comunitário fez em mim e vejo suas consequências no meu cotidiano. O grupo me abriu os olhos para olhar a experiência e permanecer nela para tirar seus bons frutos.
Obrigada ao grupo!

Hellen

compartilhar f

        Deixe aqui seu comentário :
COMENTÁRIOS
Maria Luiza: Hellen, parabéns por esta rica experiência que compartilhou no grupo comunitário, porque mais do que "presentes de pacotes" em um aniversário, teve um tempo para almoçar com a amiga e ainda pelo diálogo de grande valor da vida, que convenceu até o garçom sobre a beleza de comemorar o aniversário como momento "único e vivo". Isso nos ajudou a ver que esses "presentes de encontros" são bem mais preciosos.



NOME
EMAIL
       
      
 
     
REALIZAÇÃO
APOIO
CONTATO
 
 
E-mail: contato@grupocomunitario.com.br
Facebook: www.fb.com/gcsm
 
Grupo Comunitário de Saúde Mental | Todos os Direitos Reservados | Copyright © 2013 | by
carregando...

carregando...