SARAU - IMAGENS

  • Vídeo "The Mirror" por Alexandre Desplat

     Contribuição do André contando como o vídeo o fez lembrar da criança que mora em si, e, inspirado por esta experiência, retomou uma das atividades que fazia em sua infância, a pintura: “Me tocou bastante porque eu fiquei pensando, o encontro do adulto e da criança em uma mesma pessoa e eu fiquei vendo a criança, como ela tem essa liberdade, de brincar de ser adulto, ela se permite, ela passa pro lado de lá do espelho e pode viver como adulto, se fantasiar, pode ser o adulto! Mas daí depois num segundo momento a criança convida o adulto pra ir do lado dela, voltar a ser criança e o adulto não se permite, ele não consegue transpassar isso, ir pro outro lado. E eu fiquei pensando muito como eu tava engessado  nessa questão de ser adulto, tem que fazer aquilo, tem que fazer aquilo outro e regras e mais regras, numa rigidez comigo mesmo e esquecendo da criança”. 

     

    (06/02/18)


  •  Filme: A Janela do Hospital 

    Contribuição de Edilaine, contando que uma experiência de gratidão a mobilizou para assistir novamente ao vídeo que conhecia: “o vídeo me ajuda a pensar sobre a gratidão pelo que encontro na vida, às vezes eu enxergo com olhos, mas não estou enxergando... e uma pessoa acaba me ajudando a olhar além de uma parede, fazendo este papel de ampliar a minha visão”.(11/08/15)


  • Filme: O Palhaço

    Contribuição de Maria Luiza, descrevendo o filme no qual o palhaço Benjamim, cujo pai também era palhaço, tem uma crise existencial e não quer ser mais palhaço, mas acaba se dando conta de que tem o dom de ser palhaço. Conta que assistir ao filme a ajudou a refletir no seu dom e no de outras pessoas: “quando a gente desenvolve um dom, isso é bom não só pra gente, mas para as outras pessoas também”. Cita ainda uma frase do filme que ficou gravada na sua memória: “ O rato come o queijo, o gato bebe o leite e você? (07/07/15)


  • Contribuição de Robson, acompanhada da reflexão: “esta frase me tocou muito durante o ano, por perceber que a gente precisa de muito pouco para ver a beleza da vida, das coisas que acontecem.” (09/12/2014)


  • Contribuição de Malú construindo a filipeta e compartilhando sua reflexão: “Esta frase ficou me cutucando. Achei que era uma verdade, mas ao mesmo tempo vinha me incomodando. No meu conceito esta metamorfose não é uma coisa enorme, uma coisa que muda a vida radicalmente, porque isso é muito difícil de acontecer... Essa frase me chamou a atenção para a possibilidade da metamorfose, mesmo que ela não seja tão grande... Eu acho que as metamorfoses tem que ser bem pequenas ao longo dos instantes todos que a gente vive.” (09/09/14) 


  • Eu queria compartilhar com o Grupo Comunitário essa imagem e essa frase, ambas do mesmo autor que é o fotógrafo do Projeto Xingu (Helio Carlos Mello). Essa frase me tocou muito: "olhar olho no olho", salvou tudo. O "olhar olho no olho" me humaniza e me aproxima desse outro... O "olhar olho no olho" me salva pro outro e salva o outro pra mim. Somos gente.

    Contribuição de Raqueli em 15/02/2014


  • Eu vi um filme que tinha essa frase: “não precisa ser fácil, só precisa ser possível”, sobre aquela menina que perdeu o braço, que o tubarão comeu, e ela era surfista, e ela continuou sendo surfista. Quando ela decidiu voltar a surfar, ela falou isso pro pai dela porque ele disse “vai ser difícil”, e ela respondeu “não precisa ser fácil, só precisa ser possível.

    Contribuição trazida por Malu em 17/12/2013


  • A expressão de felicidade do menino com uma pessoa dando banho nele - e dando banho de caneca, nem água encanada tem, essa alegria dele, por estar recebendo aquela água, aquele banho... A felicidade está escondida nas coisas mais simples da vida, como sentir a água no corpo.

    Contribuição de Malú em 30/04/2013



  •      
    REALIZAÇÃO
    APOIO
    CONTATO
     
     
    E-mail: contato@grupocomunitario.com.br
    Facebook: www.fb.com/gcsm
     
    Grupo Comunitário de Saúde Mental | Todos os Direitos Reservados | Copyright © 2013 | by
    carregando...

    carregando...