SARAU - TEXTOS

  • É preciso criar laços...

    José Bento Faria Ferraz

    Contribuição trazida por Maria Luiza, referindo-se a frase que havia lido no convite para uma exposição. O texto, além de motivá-la a visitar o evento, trouxe-lhe reflexão: “Olha a beleza: às vezes parece tudo tão distante, mas olhando no horizonte o céu se encontra com o mar...” (08/04/14)


  • Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor.

    Johann Goethe

    Contribuição trazida por Alaor, destacando “a sensibilidade do autor para perceber o ser humano... A gente desperta para um grande sonho e vai atrás disso... As coisas fluem a nosso favor. Vamos dizer somos capazes de mover montanhas.” (25/03/14)


  • Você não pode mudar o vento, mas pode ajustar as velas do barco para chegar onde quer.

    Confúcio

    Contribuição trazida por Valdinéia, citando a frase que havia recebido de uma amiga. Segundo Valdinéia, “muitas vezes a gente quer que as coisas aconteçam, mudem de uma vez só... A gente pode contornar para ter uma vida melhor, procurar novas soluções… (18/03/14)


  • Eu quero que você pense e se pergunte agora mesmo: O que define você? Quem é você? E de onde você vem, e sua bagagem, são seus amigos? O que é? O que define quem você é como pessoa? Levei um bom tempo para descobrir o que me define. Por muito tempo achei que o que me definia era minha aparência exterior. Achava que minhas perninhas ou meus braços pequenos ou meu rosto pequeno fossem feios. Eu odiava quando acordava de manhã e ia pra escola e me olhava no espelho quando me arrumava, pensando: “Eu posso apagar essa síndrome? Minha vida seria tão mais fácil se eu pudesse apagar isso... Eu desejava, orava, esperava e fazia tudo que pudesse pra que acordasse de manhã e fosse diferente e não tivesse que lidar com esses problemas, era o que eu ansiava todo dia, e todo dia eu me desapontava. Eu tenho um sistema de apoio incrível ao meu redor, que nunca teve pena de mim, que está lá pra me levantar quando eu fico triste, que ri comigo durante os bons momentos e eles me ensinaram que mesmo tendo essa síndrome, mesmo que as coisas sejam difíceis, eu não posso deixar isso me definir... Minha vida foi colocada em minhas mãos, assim como a vida de vocês foi colocada nas suas mãos ... É você quem decide o que lhe define. Comecei a perceber que minha vida estava em minhas mãos. Eu poderia escolher fazê-la ser algo bom ou poderia fazê-la algo ruim... (disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=4-P4aclFGeg)

     Lizzie Velasquez

    Contribuição trazida por Bruna, referindo-se a um vídeo visto na Internet no canal TED: “Achei interessante essa questão que ela colocou sobre o que nos define. Acho importante a gente pensar sobre isso enquanto pessoa... como é que a gente se formou quanto pessoa até hoje? O que contribuiu? Quais a experiências? Quais os relacionamentos? Tanto experiências agradáveis quanto as dificuldades, o que contribuiu para formar o que a gente é hoje? Não no sentido fixo, a gente se formou dessa forma e pronto, mas no sentido de possibilidade da gente se construir de forma diferente... pensar no sentido de movimento.” (11/03/14) 


  • Quando uma pessoa faz você sofrer é por que ela sofre profundamente dentro dela, e o sofrimento dela está vazando e se espalhando. Essa pessoa não precisa de uma punição, ela precisa de ajuda.

    Thich Nhat Hanh

    Contribuição trazida por Murilo, citando a frase que havia escutado de um antigo professor. Para Murilo, “as pessoas se magoam muito pelo que acontece ou por alguma coisa que uma pessoa faz. Mas na verdade o que a gente tem que fazer não é punir e sim compreender e ajudar.” (25/02/14)


  • Cada manhã era um aliciante convite para tornar a vida igualmente simples e, digo até, inocente como a própria natureza. Tenho sido, como os gregos, sincero adorador da aurora. Levantava-me cedinho e tomava banho no lago; uma espécie de exercício religioso e uma das melhores coisas que já fiz. Contam que na banheira do rei Tching-thang havia mensagens gravadas com esse objetivo: "Renova-te completamente a cada dia; renova-te outra vez, e outra vez, e sempre outra vez." Entendo a mensagem. A manhã me traz de volta os tempos heroicos. Tocava-me tanto o zumbido tonto de um mosquito em passeio invisível e inimaginável através de meu aposento ao amanhecer, quando me sentava de porta e janelas abertas, quanto me tocaria qualquer trombeta celebrando a fama. (...) A manhã, o período mais memorável do dia é a hora do despertar. (...) Não importa o que dizem os relógios ou as atitudes e ocupações dos homens. É manhã quando acordo e há em mim um amanhecer. (...) Estar acordado é estar vivo. (...) Devemos aprender a despertar novamente e a manter-nos despertos, não com ajuda mecânica, mas pela infinita expectativa do amanhecer, que não nos abandona em nosso sono mais profundo.

    Henry D. Thoreau (A vida nos bosques)

    Eu achei bonito porque ele diz: “é manhã quando acordo e há em mim um amanhecer”. Acho que quando a gente sente que tá tendo algo aqui no grupo, a gente sente esse amanhecer.

    Contribuição trazida por Giovanna em 17/12/2013


  • Educar

    Educar é mostrar a vida a quem ainda não a viu. O educador diz: Veja! – e, ao falar, aponta. O aluno olha na direção apontada e vê o que nunca viu. Seu mundo se expande. Ele fica mais rico interiormente, e, ficando mais rico interiormente, ele pode sentir mais alegria e dar mais alegria – que é a razão pela qual vivemos. (...) A primeira tarefa da educação é ensinar a ver. É através dos olhos que as crianças tomam contato com a beleza e o fascínio do mundo. Os olhos têm de ser educados para que nossa alegria aumente.

    A educação se divide em duas partes: educação das habilidades e educação das sensibilidades. Sem a educação das sensibilidades, todas as habilidades são tolas e sem sentido. Os conhecimentos nos dão meios para viver. A sabedoria nos dá razões para viver.

    Quero ensinar as crianças. Elas ainda têm olhos encantados. Seus olhos são dotados daquela qualidade que, para os gregos, era o início do pensamento: a capacidade de se assombrar diante do banal. Para as crianças, tudo é espantoso: um ovo, uma minhoca, uma concha de caramujo, o voo dos urubus, os pulos dos gafanhotos, uma pipa no céu, um pião na terra. Coisas que os eruditos não veem. (...) O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido. Há muitas pessoas de visão perfeita que nada veem. Quando a gente abre os olhos, abrem-se as janelas do corpo, e o mundo aparece refletido dentro da gente. São as crianças que, sem falar, nos ensinam as razões para viver. Elas não têm saberes a transmitir. No entanto, elas sabem o essencial da vida.

    Rubem Alves

    Apesar de o texto falar da questão da educação, eu o trouxe no sentido não de pensar a educação formal, mas no sentido – ele reflete muito pra mim o que foi o Grupo Comunitário nesse ano – dessa questão do olhar, da possibilidade de poder olhar pro mundo com encantamento.

    Contribuição trazida por Bruna em 17/12/2013


  • Mesmo que não esteja em suas mãos mudar uma situação dolorosa, é sempre possível escolher a forma de lidar com o sofrimento.

     Viktor Frankl

    Contribuição trazida por Sandra em 17/12/2013


  • ... Mire, veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando.

    Guimarães Rosa

    Eu escolhi essa frase porque eu acho que a gente vai se construindo olhando o outro, me lembrou muito esse grupo.

    Contribuição trazida por Bárbara em 17/12/2013


  • A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro.

    Vinicius de Moraes

    Sempre que eu venho no grupo pra mim renova essa certeza de que a vida é a arte do encontro, e eu fico pensando que a gente vir aqui é cuidar disso, é cuidar dessa experiência, e ao mesmo tempo em que eu cuido, eu vou me sentindo essa caçadora (de experiências).

    Contribuição trazida por Giovanna em 17/12/2013



  •      
    REALIZAÇÃO
    APOIO
    CONTATO
     
     
    E-mail: contato@grupocomunitario.com.br
    Facebook: www.fb.com/gcsm
     
    Grupo Comunitário de Saúde Mental | Todos os Direitos Reservados | Copyright © 2013 | by
    carregando...

    carregando...